“Energia solar é um excelente investimento”, diz mentora financeira

“Energia solar é um excelente investimento”, diz mentora financeira

Os recentes aumentos nas tarifas de energia fazem com que muitos repensem e busquem a alternativa

Não é barato e, muitas vezes, os interessados buscam financiamentos para conseguirem instalar energia fotovoltaica (solar) em casa ou na empresa. Essa demanda pelo equipamento tem crescido a cada ano, ainda mais agora, com os recentes aumentos nas tarifas de energia elétrica.

Com o custo em energia elétrica alto, muitos têm repensado e buscado alternativas para reduzir despesa no orçamento.

A mentora financeira Silvia Machado afirma que a energia solar é um ótimo investimento para quem pensa a longo prazo.

De acordo com Silvia, por mais que as pessoas se assustem quando fala em financiamento, para esse tipo de instalação e equipamentos, muitos bancos possuem créditos com juros menores, devido aos incentivos de uso de energia renovável. São mais baixos que empréstimos pessoais ou para a compra de imóvel e veículos.

Silvia explica que o investimento compensa, analisando a durabilidade de todo o sistema, o parcelamento facilitado e a redução de 90% na fatura da conta de energia. “Vejamos como exemplo: Você paga R﹩ 300 mensais na conta de energia elétrica da casa atualmente. Com a instalação correta – com placas que produzem a quantia exata de Kwh consumidos – você pagaria apenas a taxa mínima na conta de energia, que vamos dizer que é de R﹩ 50,00. Esse sistema tem vida útil de pelo menos 25 anos. Nos primeiros cinco anos, você pagaria o financiamento como se fosse a fatura mensal da energia. Nos 20 seguintes, economizaria R﹩ 250 a cada mês, e ao final desse prazo de 20 anos, terá poupado R﹩ 60 mil”, exemplifica.

Mas é preciso estar atento aos detalhes. “Preste atenção para fazer um financiamento semelhante a quanto gasta atualmente em energia elétrica. Porque esse valor já estava dentro do orçamento doméstico. Tente não pagar parcela maior para não onerar a despesa mensal”.

A mentora ressalta ainda que é importante, ao contratar o serviço e sistema, colocar de acordo com o consumo atual de energia. “Não adianta para ser mais barato, colocar um sistema inferior ao que já gasta hoe, com a ideia de que pode reduzir com novos hábitos. Porque, caso extrapole a produção de energia, você pagará mais na conta normal ou terá de desembolsar mais para ampliar o sistema elétrico instalado”.

Outra dica apresentada é lembrar que a implantação da energia fotovoltaica não é feita de um dia para o outro. Dependendo do projeto chega a levar mais de um mês. “Portanto, é preciso estar ciente de que no início pode ocorrer de pagar o financiamento e também a conta de energia elétrica. Reserve recursos para isso”.

Dentre as vantagens não só econômicas, Silvia lista a baixa manutenção dos equipamentos, a preocupação com o meio ambiente e, a redução de possíveis quedas de energia que ocorrem em linhas tradicionais – já que é preciso apenas da claridade do dia para produzir energia.

Dica Extra PortalJE – Curso de Energia Solar de Alta Performance – clique aqui