Mais empresários esperam queda na inadimplência do negócio ainda este ano, segundo Boa Vista

A pesquisa nacional, desenvolvida ao longo do 3º trimestre, constatou ainda que 51% dos empresários pretendem realizar investimentos até o fim de 2019

Há uma melhora na perspectiva de diminuição da inadimplência do negócio, em comparação ao mesmo período do ano passado, segundo a Pesquisa Perspectiva Empresarial da Boa Vista, feita com cerca de mil empresários, em todo o país, ao longo do 3º trimestre de 2019. De acordo com o levantamento, as menções dos que esperam conseguir colocar as contas de suas empresas em ordem e, com isso, reduzir o número de dívidas com o pagamento atrasado, ainda no decorrer deste ano, aumentaram de 25% para 32%.  

Consequentemente, o percentual dos empresários que esperam aumento da inadimplência para o final de 2019 diminuiu 10 pontos percentuais – p.p. (de 30% no 3ºTri18 para 20% neste 3ºTri19), também segundo a pesquisa da Boa Vista. A imagem a seguir apresenta essas informações:Endividamento
A perspectiva do empresário quanto ao nível de endividamento não se alterou em comparação ao mesmo período do ano anterior. 38% dos entrevistados acreditam que o nível de endividamento de suas empresas pode vir a diminuir ao longo deste ano. Para outros 29% o nível de endividamento continuará no mesmo patamar, e para 20% apresentará crescimento. 

Investimentos
O levantamento identificou ainda que 51% dos empresários se dizem otimistas e pretendem realizar investimentos até o fim de 2019. Comparado ao 3º trimestre de 2018, este percentual registrou crescimento de 13p.p. 

55% das empresas que irão investir pretendem fazê-lo em novos produtos e serviços. 53% querem dar um upgrade tecnológico e 46% capacitar seus profissionais.

Faturamento 
57% dos empresários apontam perspectivas de crescimento no faturamento até o final de 2019, número 12p.p. superior quando comparado ao registrado no 3º trimestre de 2018.

Demanda por crédito
Ainda segundo os empresários entrevistados pela Boa Vista neste 3º trimestre, 39% informam que demandarão mais crédito em 2019, contra 32% registrados em 2018. O percentual dos que não demandarão crédito caiu 6p.p. (de 55% para 49%).

Entre os empresários que demandarão mais crédito, 46% dizem que usarão para novos investimentos; 33% para alavancar capital de giro e 21% para pagar empréstimos e credores. Os comparativos seguem na imagem abaixo:Ainda em relação aos 39% dos empresários que demandarão mais crédito em 2019, a perspectiva quanto à taxa de juros para contratação deste crédito é a seguinte: 46% esperam pagar taxas menores que as praticadas em 2018 (eram 35% no ano passado). 27%, empatados, consideram pagar taxas iguais ou mesmo superiores aos juros praticados no ano passado. Eram 25% e 37%, respectivamente, na pesquisa realizada no 3ºTri18.

Metodologia
A Pesquisa Perspectiva Empresarial, realizada no 3º trimestre de 2019, entrevistou cerca de mil empresários, em todo o país. A metodologia utilizada foi a quantitativa, por meio de consulta eletrônica via internet. O levantamento aponta o evolutivo 2018 e 2019. O universo é representado por empresas do Comércio (atacadista e varejista), de Serviços (instituições financeiras e construção civil) e Indústria. Para leitura geral dos resultados, deve-se considerar 95% de grau de confiança, e margem de erro de 3%, para mais ou para menos.
40 visualizações
1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

portalje

Jornal Eletrônico é uma publicação Bmx3 www.bmx3.com.br