Candidatos à Presidência e seus vices estão despreparados quanto à Política Internacional do Brasil

Quem diz isso é o Dr. Luiz Olavo Baptista, que possui mais de 50 anos de experiência em arbitragem, foi membro e ex-presidente do órgão de apelação da OMC. Preocupado com a quase nula menção ao tema, nas campanhas políticas que tem visto, Luiz Olavo questionou a todos os presidenciáveis para saber, por exemplo, se o candidato possui algum projeto em relação à Política Internacional brasileira, se acredita na possibilidade de sair o acordo UE-Mercosul, o que pensa sobre o Mercosul, qual a importância que atribui à expansão do mercado externo para o crescimento do PIB, ou se tem ideia da relevância do Comercio, Relações e Politica Internacional.

Dos 24 políticos, apenas quatro se manifestaram: Alvaro Dias (Podemos, PSC, PTC, PRP), Ana Amélia (PP), Christian Lohbauer (Partido Novo), e Fernando Haddad (PT). “Lendo as respostas, percebi que nosso futuro não tende a melhorar neste assunto. Os candidatos, em diferentes graus, têm conhecimento superficial sobre Política Internacional e alguns parecem não reconhecer a dimensão de sua importância para nossa economia e tudo o que vem com sua melhora, como geração de emprego, investimentos em educação, saúde pública, segurança, e na imagem do país no exterior”, relata, com tristeza Luiz Olavo.

Para se ter uma ideia do atraso nacional em relação aos players de fora, a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico  (OCDE) afirma que vamos crescer abaixo de 1.2% – a última expectativa já era fraca: 2%. De acordo ainda com a Organização, o Brasil está fechado, é protecionista e não é convidativo, 40% de nossa pauta de exportação compõem-se de 5 produtos (commodities), e a relevância do país no movimento do comércio mundial perde México e da Turquia, por exemplo.

Sobre O Atelier Jurídico
Fundado em 2015 e liderado pelo Dr. Luiz Olavo Baptista, que possui mais de 50 anos de experiência na prática da arbitragem no Brasil, e pela Dra. Adriane Nakagawa Baptista, Bacharel em Direito pela Universidade de São Paulo e LLM em Direito Comercial Internacional e Europeu pela Universidade de Leiden, o Atelier Jurídico é um espaço colaborativo que nasceu com a proposta inovadora de unir a prática do Direito ao seu desenvolvimento acadêmico. Por meio do ensino, pesquisa e difusão de temas inseridos nas matérias de Arbitragem e Direito do Comércio Internacional e Privado, tem o propósito de promover o estudo destas matérias em uma perspectiva interdisciplinar e crítica, contribuindo para o processo de educação não só de seus frequentadores, mas também daqueles que, mesmo à distância, tenham o desejo do aprendizado e desenvolvimento de suas capacidades.

62 visualizações
1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

portalje

Jornal Eletrônico é uma publicação Bmx3 www.bmx3.com.br

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.