Mês mundial de combate à asma, veja 5 dicas para combater a doença

Mês mundial de combate à asma, veja 5 dicas para combater a doença

Preocupar-se com a limpeza das roupas de cama, com o ar-condicionado que utiliza, e até ter um umidificador de ar são alguns cuidados que se deve ter no dia a dia

Dia 2 de Maio foi instituído como o Dia Mundial de combate à asma. A data vem com a proposta de reflexão e ações pelo mundo para a prevenção da doença e divulgação de informações sobre como combatê-la. A poluição do ar tem causado uma série de problemas na saúde humana. A OMS (Organização Mundial da Saúde) estima que a poluição do ar dentro e fora de casa é responsável por cerca de 7 milhões de mortes prematuras em todo o mundo. É um número alarmante, especialmente, para pessoas que possuem doenças respiratórias delicadas, como a asma.

Considerada uma das doenças crônicas que mais afetam crianças e adultos, a asma é uma doença que atinge cerca de 300 milhões de pessoas, conforme dados do Hospital Naval Marcílio Dias. E no Brasil, estima-se que mais de 20 milhões de brasileiros, entre crianças e adultos, tenham asma, entre os quais 5% apresentam a forma mais grave da doença,e que cerca de duas mil pessoas por ano falecem por conta da enfermidade, segundo a ASBAI (Associação Brasileira de Alergia e Imunologia).

Pessoas com alergias respiratórias, como a asma, sofrem mais com a poluição, pois os agentes poluentes atuam como irritantes e afetam ainda mais os pacientes, o que pode gerar a falta de ar. Pensando nisso, a Fujitsu General do Brasil, empresa de tecnologia de ar-condicionado, lançou os equipamentos de ar-condicionado Teto e Cassete, que utilizam o fluido R-32, que permite a redução em até 75% o efeito de aquecimento global (GWP – Potencial de Aquecimento Global), e ainda é capaz de filtrar o ar em empresas e residências. Tudo foi pensado para garantir a qualidade de vida de seus clientes prezando pela contribuição sustentável e pela saúde dos adultos e crianças.

Segundo um levantamento do Think Tank internacional Carbon Brief, o Brasil está entre os maiores poluidores do mundo em emissões de gás carbônico desde 1850, ficando em 4º lugar. Com as emissões de gases poluentes, a respiração das pessoas se torna mais difícil e acarreta sintomas, como: tosse, pieira, desconforto no peito e até influência no grau de gravidade da asma. A doença inflamatória crônica das vias aéreas (asma), causa a falta de ar, rangido na respiração, tosse e até aperto no peito.

Diante desses dados sobre a poluição, fazem-se necessárias ações de prevenção contra a asma dentro das residências. Algumas dicas são ter um umidificador e um ar-condicionado que retire as impurezas do ambiente como odores, sujeiras e poeiras. Os produtos da Linha High Wall, da Fujitsu General do Brasil, possuem filtros exclusivos com a função de limpeza: Filtro Desodorizante de Íon (remove sujeiras e odores do ar) e o Filtro de Catequina de Maçã (Remove poeira fina e microrganismos).

Por meio das ações tecnológicas, os produtos da Fujitsu General do Brasil conseguem eliminar as impurezas do ar, contribuindo para a vida de muitas famílias brasileiras, especialmente das crianças que são atingidas por doenças respiratórias.

“Queremos levar a melhor experiência aos nossos clientes através da qualidade de nossos produtos que são específicos para cada tipo de ambiente e necessidade de uma pessoa ou grupo de pessoas. Entendemos que uma empresa que trabalha em prol do meio ambiente, é uma empresa com propósitos firmes que favorecem a todos, sem distinção, ajudando na saúde e na preservação do meio ambiente. Nossos produtos são para atender e cuidar, com a missão de levar comodidade e tornar o ambiente mais saudável”, ressalta Sr. Akihide Sayama, Presidente da Fujitsu General do Brasil.
 

De acordo com o estudo da Via Mega Curioso, o Brasil é o 65º país mais poluído do mundo, e segundo dados compilados pelo Cuponation, o país se encaixa em um ranking com 109 países por apresentar cerca de 56% de poluição. Entre as cinco cidades citadas do nosso país, as mais poluídas por metro cúbico são: Rio de Janeiro/RJ (região metropolitana) – 64 microgramas de poluentes por metro cúbico; Cubatão/SP – 48 microgramas de poluentes; Campinas/SP – 39 microgramas; São Paulo/SP (região metropolitana) – 38 microgramas; Curitiba/PR (Região Metropolitana) – 29 microgramas de poluentes por metro cúbico.
 

Pensando nisso, os especialistas da Fujitsu General do Brasil, apresentam 5 dicas de como combater doenças respiratórias (como gripe, alergias e asma) e proteger os pequenos:

1 – Evitar a permanência em locais fechados, sem circulação de ar e com grandes aglomerações de pessoas;

2 – Tenha a carteirinha de vacinação em dia;

3 – Promova umaalimentação saudável para você e os pequenos!

4 – Tenha sempre no quarto em que vai repousar um umidificador de ar;

5 – E outra dica aos pais: utilizem equipamentos de ar-condicionado que retirem poeiras, odores e sujeiras como os da Fujitsu.